Arqueólogos encontram mais ruínas de Betsaida, cidade onde Jesus viveu

Antiga vila de pescadores é a terra natal dos apóstolos Pedro, André e Felipe

“Doutrina” é o mais importante na decisão de frequentar uma igreja, indica pesquisa

Maioria dos fiéis espera ir a cultos para "entender mais sobre Deus e a Bíblia"

Evangelista e cantora gospel, Rosetta Tharpe influenciou Elvis Presley e Bob Dylan

Conhecida como irmã Rosetta, a cantora se destacou por ter desenvolvido um estilo único de música para a sua época.

Lugar “mais provável” onde Jesus transformou água em vinho é encontrado por arqueólogo

A publicação do seu achado foi feita na revista Biblical Archaeology Review

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Jovem se converte após conversa de pastores sobre Deus em jogo de videogame


Não existe hora ou dia certo para testemunhar o amor de Deus. Durante 24 horas, há sempre uma oportunidade de vivenciar o Evangelho de Cristo através das nossas atitudes, mesmo quando elas parecem bem desconectadas do mundo espiritual, como uma partida de videogame online com jogadores do mundo inteiro.
O pastor Daniel Saad compreende isso muito bem e viu como Deus pode agir através da sua vida durante uma partida de videogame. “Você joga com pessoas do mundo, não sabe quem [está jogando com você], é aleatório entre milhões de jogadores. Eu entrei em um time que tinha um cara do Haiti e dois americanos”, disse ele.
Não por acaso, mas sim por providência de Deus, Saad descobriu que entre os colegas de partida havia outro pastor, então eles iniciaram um bate-papo durante a partida. “A gente começou a falar sobre o amor de Deus. Um haitiano, de vez em quando falava uma coisa ou outra e o outro americano estava quieto”, explica o pastor.
Para surpresa de Saad e seu colega pastor, um dos jogadores entrou na conversa confessando que antes da partida havia feito um acordo com Deus. Como líder da Igreja Batista Palavra Viva, de Taubaté, Saad viu com alegria o acontecimento em seguida.
“Quando de repente [risos], do nada, ele entra e fala assim, com voz de choro: ‘Gente, eu estava agora mesmo orando, falando com Deus, que se Ele existe, que Ele falasse comigo”, disse o jogador.
“‘Aí eu entro no jogo e vocês estão falando de Deus, falando do amor Dele e de coisas que eu precisava ouvir. Agora eu vou para a Igreja, porque Jesus é o caminho’. O cara ficou convertido em um jogo de videogame”, disse Saad em um vídeo publicado por ele, testemunhando o acontecimento.
Questionado pelo portal Guia-me sobre o que pensa de como isso aconteceu, o pastor citou o texto de Mateus 28:19, explicando que o “ide” na passagem, na verdade, se refere a “indo”, no sentido de algo contínuo.
“Isso me mostra que a palavra de Deus não define um local para onde ir e pregar, e sim indo no sentido de que enquanto eu vou caminhando, no rumo dessa vida, eu vou lançando minhas sementes”, disse ele. “Não é somente ir à igreja e pregar lá. Mas enquanto eu vou, vou semeando”.
Fonte: Gospel Mais

Eleições 2018: Justiça quer combater abuso do poder religioso nas eleições

Sede do TRE do Rio de Janeiro
O poder de persuasão dos líderes religiosos sobre os fiéis nestas eleições está preocupando a Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro. Uma força-tarefa de fiscais tem percorrido templos e igrejas, de todas as religiões, para fiscalizar, flagrar, coibir e multar o que já é chamado de abuso do poder religioso. O objetivo, segundo o procurador regional eleitoral, Sidney Madruga, é evitar desequilíbrio na disputa, garantindo isonomia a todos os candidatos.
“Dentro das prioridades, nestas eleições, está o combate ao abuso do poder religioso. Há um monitoramento para saber se o líder religioso está pedindo votos ou distribuindo kits para determinado candidato. Esta situação já foi caracterizada pelo TSE [Tribunal Superior Eleitoral] como abuso de poder econômico, já que não existe a figura do abuso de poder religioso. O uso indevido e irregular, da igreja ou do templo, não deixa de ter um reflexo econômico”, destacou Madruga, conhecido no estado pelo rigor na denúncia de crimes eleitorais.
Segundo ele, os fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estão atuando em missas e cultos sem os coletes de identificação, com objetivo de juntar provas, que incluem fotos e filmagens.
Um caso recente, flagrado pelos fiscais no final de agosto, ocorreu no Rio. “Panfletos estavam sendo distribuídos do lado de fora e, do lado de dentro, o pastor dizia que tinha um candidato, mas que não poderia falar quem era. Ele foi filmado. Isto configurou propaganda irregular, crime eleitoral.”
O procurador eleitoral explicou que o objetivo do endurecimento na fiscalização é evitar desequilíbrio no pleito. “É uma das nossas prioridades o combate ao abuso do poder religioso para garantir a competitividade entre os candidatos e a higidez [saúde] eleitoral, assim como o combate às fake news”, disse.
Para ele, ao favorecer um candidato, as igrejas provocam um desequilíbrio na competição, ao discriminar os demais. “Isto pode entrar inclusive no terreno da discriminação, ao favorecer um candidato com milhares de fiéis, excluindo os outros candidatos, que teriam a mesma chance, se não houvesse tal favorecimento. Proporciona vantagem para um determinado candidato e desvantagem aos outros. Isto deve ser combatido”, sustentou.
Madruga ressaltou que o endurecimento na fiscalização é direcionado a todas as religiões.
O procurador eleitoral frisou a necessidade de se buscar a separação entre Estado e religião: “É importante que todos busquem a laicidade. Temos que garantir o protagonismo do eleitor. Todos os órgãos têm que estar envolvidos na garantia da laicidade, porque isto está na Constituição. Não podemos misturar religião com política, cada um tem o seu papel.”
“O que nós esperamos é um comportamento de civilidade e cidadania dos líderes religiosos. No caso do Rio de Janeiro, a procuradoria eleitoral e a polícia estão de olho, fiscalizando as condutas irregulares com muito rigor. Essas pessoas que transgredirem a lei, em desrespeito ao processo democrático, tentando influenciar a vontade do eleitor, serão punidas, mediante a legislação eleitoral”, advertiu.
Madruga afirma não ter dúvidas de que as ações desenvolvidas por igrejas em apoio a candidatos sejam um esquema organizado, não apenas casos isolados. “Esta questão não é espontânea. Tem um direcionamento, uma ordem, de cima para baixo, toda uma artimanha política.”
O valor das multas vai de R$ 5 mil a R$ 30 mil, para os responsáveis e os beneficiários, no caso os candidatos, que poderão ter o registro e o diploma cassados, se eleitos. Além das fiscalizações presenciais, nas igrejas, já está ocorrendo o monitoramento das redes sociais, programas de rádio e de televisão. Denúncias devem ser feitas ao TRE e à PRE.
No início da semana, o assunto foi abordado no TRE, durante reunião entre os juízes responsáveis pela fiscalização da propaganda eleitoral e representantes de instituições religiosas e advogados de partidos políticos. O objetivo foi fixar parâmetros a respeito das regras de campanha eleitoral em entidades religiosas e no seu entorno.
Um dos assuntos debatidos foi a proibição da veiculação de propaganda eleitoral em quaisquer instituições religiosas, nas imediações e abordando pessoas que comparecem aos cultos, segundo o coordenador da fiscalização, juiz Mauro Nicolau Junior.
Ele ressaltou que a realização de campanha em instituições religiosas, seja de forma verbal ou impressa, por meio de santinhos e folhetos, poderá ensejar a interdição da instituição, além de eventual aplicação de multa pela Justiça Eleitoral.
Fonte: Correio do Estado
Com informações da Folha Gospel

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

SANSÃO: mais uma produção da Pure Flix chega aos cinemas em 27 de setembro

Produtora do filme DEUS NÃO ESTÁ MORTO: UMA LUZ NA ESCURIDÃO, que está em cartaz nos cinemas, traz mais um lançamento



Baseado na épica história bíblica de um homem chamado por Deus para libertar seu povo da escravidão, chega aos cinemas dia 27 de setembro,SANSÃO. Da mesma produtora de DEUS NÃO ESTÁ MORTO: UMA LUZ NA ESCURIDÃO (em cartaz nos cinemas), o filme traz de volta a conhecida história do homem com força sobrenatural que nasceu para liberar seu povo do Império Filisteu, mas foi traído pela bela Dalila.

A produção chega ao Brasil por meio da distribuidora California Filmes e em mais uma parceria firmada com a 360 WayUp. Produzido pela Pure FlixSANSÃO é estrelado por Taylor James (Romeu e Julieta - 2016 e Blitz), Billy Zane (Legends of Tomorrow), Jackson Rahtbone (saga Crepúsculo), Greg Kriek (Maze Runner: A Cura Mortal), Rutger Hauer (The Last Kingdom, Channel Zero e O Ritual), Caitlin Leahy (Legion e Queen of the South) e Lindsay Wagner (Law & Order True Crime) nos papéis principais.

Sobre SANSÃO

Baseado na épica história bíblica de um homem chamado por Deus para libertar seu povo da escravidão, Sansão possuía uma força sobrenatural. Impulsivo, suas decisões o colocam contra o Império filisteu. Traído por Dalila e por um cruel príncipe, Sansão é capturado e cegado por seus inimigos. Escravo, ele pede a Deus forças para enfrentar sua última batalha.

Direção: Bruce MacDonald e Gabriel Sabloff.
Elenco: Taylor James (Sansão), Jackson Rathbone (Príncipe Rallah), Billy Zane (Rei Balek), Caitlin Leahy (Dalila), Rutger Hauer (Manoá -pai de Sansão), Greg Kriek (Calebe - irmão de Sansão) e Lindsay Wagner(Zealphonis - mãe de Sansão).
Gênero: Ação, Drama.
País: EUA

Com informações da 360 WayUp

Confiram o Trailer abaixo: 

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Aliança Bíblica Universitária mobiliza comunidade acadêmica da URCA para doação de sangue



A Aliança Bíblica Universitária realizará no próximo dia 12 de Setembro a Terceira Ação Social na Universidade Regional do Cariri – Campus Pimenta. A campanha organizada por estudantes universitários de diversos cursos da URCA contará com suporte do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará – Hemoce. O evento tem como objetivo receber doações de pelo menos 30 bolsas de sangue e realizar cadastros para novos doadores de medula óssea. A equipe do Hemoce estará instalada no Pátio da Pedagogia das 08:00 as 12:00 horas disponível para o interessado em fazer sua doação e tirar todas as dúvidas sobre a doação de medula óssea. O Hemoce relembra que cada bolsa de sangue doada pode salvar até quatro vidas.

Montagem com fotos da doação realizada na UFCA

Para realizar o gesto, a pessoa deve gozar de boa saúde, pesar acima de 50 kg, não ter ingerido bebida alcoólica ou praticado atividade física intensa nas últimas 24 horas, ter idade entre 16 e 67 anos (candidatos com idade entre 16 e 17 anos devem ter consentimento formal do responsável legal), além de apresentar documento oficial com foto e estar bem alimentado.

Contato no Facebook: https://www.facebook.com/aliancabiblicauniversitaria.cariri

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Pastor abriga venezuelanos durante protesto em Pacaraima

"Foram 63 pessoas que acolhemos ao todo. A compaixão venceu o medo", afirmou.

por Cris Beloni

Resultado de imagem para foto pastor com venezuelanos

Um grupo de brasileiros cristãos mudou a vida de 63 refugiados venezuelanos, entre eles 16 crianças. A casa de um pastor e sua esposa ficou cheia. Missionários ligados à mesma igreja também abriram as portas de suas casas para abrigá-los.
Depois do confronto entre brasileiros e venezuelanos, em Pacaraima (RR), no último dia 18, muitos venezuelanos deixaram a cidade. Outros, porém, foram acolhidos por uma família cristã, representada pelo pastor Gedeão e sua esposa Sandra Vasconcelos.
Na manhã daquele sábado, o casal percebeu a agitação da cidade. Eles ouviram o som de fogos de artifício, mas pensaram se tratar de alguma inauguração. Em pouco tempo, souberam que havia um protesto de moradores.
“Disseram que a manifestação não estava mais pacífica, que estavam expulsando venezuelanos, colocando gasolina, queimando tudo”, disse o pastor. Ele disse que ouviu “vamos para o palco” e então se preocupou. “Lá tinham crianças, famílias que nós evangelizávamos e dávamos comida”, revelou.

Motivo da manifestação

Com a presença da Força Nacional, o povo estava aplaudindo a expulsão dos venezuelanos que viviam nas ruas de Pacaraima. A revolta se deu por conta de alguns crimes cometidos pelos refugiados no comércio local.
“Tudo começou numa manifestação pacífica, boa, que tinha que acontecer, mas que acabou sendo muito violenta”, explicou. O pastor conta que muitos tinham sido vítimas de venezuelanos.
“Assim como há brasileiros ruins, bandidos, também têm venezuelanos maus, bandidos, que fizeram coisas más em Pacaraima”, disse. Alguns venezuelanos que estavam no local também comentaram que, em vez de procurar trabalho, alguns preferiram roubar.

Momento do resgate

“Teve uma hora em que não aguentei. Todos choravam. As crianças, a missionária que me ajudava e eu”, relembra Gedeão que um dia foi traficante e hoje é pastor de uma igreja batista.
“Tive que ter forças, pedir a Deus. Tem horas em que a gente não aguenta, é ser humano”, comentou. No local do tumulto, havia um trator que destruiria o palco do Micaraima, que ficava na divisa entre Brasil e Venezuela, antes usado para shows e eventos.
“Conversei com o comandante, perguntei se poderia pegar as crianças que estavam lá embaixo do palco, disse que elas não tinham culpa”, lembra. O comandante permitiu e pediu que ele fosse rápido, já que o povo agia com violência.
Primeiro os brasileiros resgataram as crianças, depois os adultos. Até um cachorro foi salvo. No tumulto, filhos acabaram separados dos pais que corriam para tentar salvar alguns pertences. No período da noite, todos se reencontraram.
“Foi uma correria”, disse o pastor que assume ter sentido medo de também ser alvo dos manifestantes. “Foram 63 pessoas que acolhemos ao todo. A compaixão venceu o medo”, declarou. Com informações Gazeta 
Fonte: Gospel Prime

"Deus Não Está Morto - Uma Luz Na Escuridão": estreia em mais de 260 salas pelo país

Após 2 meses de campanha e divulgação nacional, chega aos cinemas o filme “Deus Não 

Está Morto - Uma Luz Na Escuridão” com circuito confirmado em mais de 260 salas de 

cinemas pelo país. 
 



O filme é o terceiro da sequência e traz uma abordagem atual.  Enquanto, o “Deus Não Está Morto”  (2014) mostra um debate dentro da universidade, o “Deus Não Está Morto 2”  (2016) trouxe uma discussão num local público, neste último, “Deus Não Está Morto - Uma Luz Na Escuridão”(2018) os produtores quiseram mostrar um tema contemporâneo e trabalharam com o papel e relevância da igreja na sociedade.

Os grupos interessados em assistir ao filme nos cinemas, já está valendo a promoção de que acima de 50 pessoas, todos pagam meia-entrada. Alguns exibidores já estão divulgando a promoção diretamente em seus sites, mas o ideal é que entrem em contato diretamente com o cinema desejado. Verificar na bilheteria ou com gerente dos cinemas participantes: Cine Araújo, Cine Lumière, Cineart, Cineflix, Cinemark, Cinépolis, Cinesystem, Kinoplex, Orient Cinemas, UCI, UCI Orient. Quem levar grupos, poste nas redes sociais, informe o cinema, dia e horário que foram e marquem a @360 WayUp e @deusnaoestamortooficial.
É importante que todos assistam ao filme nessa primeira semana de estreia, pois reforça a participação do público e faz com que mais cinemas exibam e mantenham o filme em cartaz. Como o próprio ator, David A. R. White (Pastor Dave), mencionou em entrevista na pré-estreia do filme no Rio de Janeiro: “O primeiro final de semana de estreia é muito importante. É igual quando você vota nas urnas. E quando você faz isso, você diz: 'Eu acredito nisso e quero mais filmes desse gênero'. E nós precisamos disso, desse tipo de mensagem e conteúdo em nossa vida.”
Sobre Deus Não Está Morto – Uma Luz na Escuridão
 
Um incêndio terrível atinge a Igreja de Saint James, devastando a congregação e o Pastor Dave (David A. R. White), a universidade vizinha usa a tragédia para tentar despejar a igreja do campus. A batalha logo se levanta entre a igreja e a comunidade, o Pastor Dave contra seu amigo de longa data, Thomas Ellsworth (Ted McGinley), o presidente da universidade, envolvendo também a estudante Keaton (Samantha Boscarino), membro do ministério da igreja, questionando sua fé cristã. 

Com informações da 360 WayUp


quinta-feira, 23 de agosto de 2018

“Deus Não Está Morto – Uma Luz Na Escuridão”: Pré-estreias reuniram mais de 3.800 influenciadores e teve presença inédita do ator, David A.R. White, no Rio e em São Paulo


Filme estreia nos cinemas dia 30 de agosto.
Na última semana, ocorreram as pré-estreias do filme “Deus Não Está Morto - Uma Luz Na Escuridão” em 11 cidades pelo país. Divididas em 4 dias (13, 14, 15 e 18/08), tiveram uma grande repercussão e reuniram mais de 3.800 influenciadores, dentre líderes religiosos, imprensa e artistas.

Os eventos no Rio de Janeiro (13/08) e em São Paulo (14/08) contaram com a presença do ator, David A.R. White, que veio com exclusividade para prestigiar os convidados e reforçar a participação do público nos cinemas.
Com um somatório de mais de 25 anos de carreira e mais de 50 obras atuadas, produzidas, escritas e/ou dirigidas, David A.R. White, cofundador da produtora Pure Flix,  é o Pastor Dave em “Deus Não Está Morto - Uma Luz Na Escuridão”. O ator também desempenhou este papel em “Deus Não Está Morto” (2014) e “Deus Não Está Morto 2” (2016).

Em quase uma semana que passou no país por conta do filme, com uma maratona de entrevistas em mídias e eventos, David se mostrou extremamente admirado com o público brasileiro. “Nunca vivenciei algo semelhante. Estou maravilhado e com uma grande expectativa do lançamento no Brasil. O objetivo do filme é gerar fé, união e transformação na vida das pessoas. Esse filme é o meu preferido aos dois anteriores. Retrata uma jornada pessoal, atual e é o mais autêntico.”, afirmou David.
Deus Não Está Morto - Uma Luz Na Escuridão chega aos cinemas do país na próxima semana, 30 de agosto. Tanto o público presente nas pré-estreias quanto o ator David A.R. White reforçam que todos compareçam aos cinemas e sejam impactados pela mensagem que o filme propõe.

Finalizando com uma mensagem de David para o Brasil: Tive um ótimo momento com amigos novos e antigos, obrigado Brasil por me fazer sentir acolhido e estou ansioso para minha próxima viagem ao país. Deus abençoe vocês.”, enfatizou.

SOBRE DEUS NÃO ESTÁ MORTO - UMA LUZ NA ESCURIDÃO

Quando um incêndio terrível atinge a Igreja de Saint James, devastando a congregação e o Pastor Dave (David A. R. White), a universidade vizinha Hadleigh University usa a tragédia para tentar despejar a igreja do campus. A batalha logo se levanta entre a igreja e a comunidade, o Pastor Dave contra seu amigo de longa data Thomas Ellsworth (Ted McGinley), o presidente da universidade, envolvendo também a estudante Keaton (Samantha Boscarino), membro do ministério da igreja, questionando sua fé cristã.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...