terça-feira, 17 de junho de 2014

Missionários fazem protesto acorrentados em frente a hotel

JOCUM Recife ganha atenção da imprensa mundial ao denunciar tráfico humano


O ativismo cristão no Brasil ainda é uma prática pouco explorada. Contudo, missionários pertencentes a JOCUM (Jovens com uma missão) de Recife chamaram a atenção da imprensa mundial em um ato para denunciar o tráfico humano e prostituição infantil durante a Copa do Mundo.
Grupo de jovens evangélicos ligados à JOCUM tem realizado manifestações sobre o tema em diferentes lugares do país nos últimos meses. Na última sexta (13), cerca de 20 “jocumeiros” decidiu protestar em frente ao Hotel Golden Tulip, na avenida Boa Viagem. No local está hospedada a seleção da Costa do Marfim e que deve receber outras posteriormente.
Querendo chamar a atenção para o problema, carregavam faixas e cartazes escritos em inglês e também faziam encenações nos semáforos ali perto. Enquanto isso, três jovens ficaram acorrentadas o tempo todo a um homem, que seria o traficante.
Segundo os jovens evangélicos, seu objetivo é conscientizar os turistas sobre esses dois problemas e lembrar que a sociedade está vigiando a ação dos torcedores. Uma ação similar ocorreu no aeroporto do Recife.
“O tráfico humano é o mais silencioso dos tráficos, mas é o que dá mais dinheiro e ninguém vê”, lembrou Mateus Fernandes, missionário brasileiro. “Precisamos quebrar o silêncio e denunciar os casos. Por isso estamos aqui, para que as pessoas façam isso. E para que os turistas saibam que somos contra isso”, disse o missionário holandês Tim da Gojum, que está no Brasil como voluntário do projeto.
No ano passado, a JOCUM Recife iniciou campanhas contra o tráfico humano e a prostituição de crianças e adultos. Lançou um vídeo, dirigido pelo cineasta Marcos Alcântara, sobre o assunto que tem exibido em escolas e igrejas. Com informações de UOL
Fonte: Gospel Prime

0 comentários

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...