sexta-feira, 26 de maio de 2017

Família encena peças teatrais para moradores de rua em Belém

Projeto Águia nas Ruas busca conscientizar as pessoas em situação de risco

por Cristiano Medeiros

Família encena peças teatrais para moradores de rua em Belém

A teóloga Márcia Sarah e seus dois filhos, há sete anos, encenam peças teatrais para moradores de rua, na praça do Operário, em Belém (PA). O projeto Teatro Águia nas Ruas busca conscientizar as pessoas em situação de risco com apresentações e garantir conforto e paz com a doação de alimentos e refeições.
A ação ocorre todas as noites de quinta as 19 horas. Enquanto tomam o sopão doado pelos integrantes do grupo cênico, os espectadores ouvem histórias que falam do dia a dia, de problemas relacionados a uso de drogas, violência e prostituição. O trabalho da família é voluntário e recebe ajuda de igrejas ou ONGs.
Lucas Sarah, fundador do grupo e filho de Márcia, afirmou que foi necessário usar algo que chocasse a realidade dos atendidos. O teatro foi a ferramenta utilizada para que eles pudessem observar suas vidas, e assim despertá-los. “Quando tivemos o desejo de fazer peças lá, queria que eles vissem tudo aquilo que pastores, padres e ONGs falam a eles, que aquilo não era vida, que o contato com as drogas poderia matá-los”.
Ele ainda comentou a emoção em encenar ao teatro. “Ao interpretar o papel de Jesus, fui abraçado por alguns deles pedindo a ajuda de Deus”.
Para Márcia a cidade só enxerga essa parcela da população pelo vidro do carro ou do ônibus, como se fossem pessoas distantes, fora da realidade de suas vidas. “Eles são muitos e estão em diversas praças, as pessoas passam perto deles, mas quando se aproximam, ficam em pânico e só faltam correr. Poucos vão lá levar uma palavra de esperança e de paz”, enfatizou.

Trabalho é recompensador

Quéren Sarah, a outra filha, disse que estava em um ônibus quando dois ambulantes a parabenizaram pelo trabalho. “Eles conversavam sobre em qual local utilizariam drogas ilícitas, quando um deles parou e disse: ‘Você não faz parte daquele grupo que apresenta peças que mostram toda a vida do cara no mundo do crime? Eu gosto de ver, paro para refletir em tudo que vocês apresentam’. Ouvir isso é a nossa recompensa”, destacou Quéren.
Irmão Soares, assim é conhecido o maranhense que morou desde os 10 anos de idade nas ruas de Belém. Hoje com 44 anos de idade, está casado e com três filhos. “Vivo de bicos, ando sempre com minha bicicleta e enxada, mas Deus mudou minha vida. As peças do águia ajudaram nessa transformação e sempre venho aqui na praça cantar e agradecer a Deus”, contou soares.
O grupo possui um canal no youtube com todas as peças e bastidores das ações: www.youtube.com/MinistérioÁguiaTeatroCristão. Fotos ou notícias do grupo estão disponíveis no blog: www.teatroaguia.blogspot.com.
Fonte: Gospel Prime

0 comentários

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...