quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Arqueólogos descobrem mosaico na região da antiga Samaria

“Este é o segundo lagar descoberto em Israel com uma inscrição de bênção associada aos samaritanos”, revela arqueólogo.


A Autoridade de Antiguidades de Israel descobriu as ruínas de uma vasta propriedade pertencente a um rico homem samaritano. As escavações em Zur Natan, na planície sul de Saron, revelaram um mosaico com 2,5 metros de comprimento por 1 metro de altura.
“Somente Deus ajude a bela propriedade do mestre Adios, amém”, diz o texto em grego.
“Este é o segundo lagar descoberto em Israel com uma inscrição de bênção associada aos samaritanos. O primeiro foi descoberto alguns anos atrás em Apollonia, perto de Herzliya “, comemora o Dr. Hagit Torge, diretor das escavações que trabalha para a Autoridade de Antiguidades de Israel.
O arqueólogo explica que a inscrição prova que Adios era um homem importante da comunidade samaritana na época. Isso fica claro pelo uso do título de “mestre”. O lagar fica ao lado da sinagoga samaritana Zur Natan, que foi transformada em igreja no século VI.
A descoberta recente e a rara inscrição são mais uma prova de que os samaritanos tinham uma comunidade próspera no sul da planície de Sharon, durante a era bizantina. Existem poucas informações arqueológicas sobre os samaritanos, que hoje são uma minoria no território governado pela Autoridade Palestina.
Os samaritanos originaram-se dos antigos hebreus. O Novo Testamento detalha vários relatos de Jesus interagindo com os samaritanos. Em Lucas 17, Jesus cura dez leprosos e o único que agradeceu foi um samaritano.
Jesus também encontrou uma mulher samaritana adúltera em João 4. Ele disse a ela que era o Messias e muitos samaritanos em sua área se tornam seguidores de Jesus.
Fonte: Gospel Prime

0 comentários

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...